Reader Comments

Re: DUROMAX

by Eva Brasil (2019-01-16)

In response to DUROMAX

Minha Mãe Que Disse!

Chá verde é uma ótima bebida para dar energia e emagrecer… É saudável, tem zero calorias e tem muitos outros benefícios. Vale lembrar que pré-diabetes não é uma doença, e sim um estado que indica risco potencial de diabetes. A partir desse diagnóstico, paciente deve cuidar da dieta, do peso e fazer exercícios físicos para que quadro seja revertido. Quando pré-diabetes acompanha outros fatores de risco, como obesidade abdominal, resistência à insulina, hipertensão , colesterol e triglicérides alto, é comum dizer que paciente tem síndrome metabólica.

Estar acima do peso contribui para risco de desenvolvimento do Tipo 2, e uma dieta hipercalórica, não importando a fonte das calorias, favorece ganho dos ‘quilos a mais'. Algumas pesquisas mostraram que consumo de bebidas açucaradas, como sucos industrializados e refrigerantes, pode ter vínculo com desenvolvimento de Diabetes Tipo 2.

A pesquisa pontua que a maioria das iniciativas que tentaram tratamentos do tipo não sustentaram a produção de insulina ao longo do tempo - mas que, agora, cientistas conseguiram "reverter" a diabetes tipo 1 em ratos. Para você não perder doce gostinho das frutas e ainda conservar sua taxa de glicose normal, aqui vai uma lista com algumas informações importantes para as pessoas com Diabetes.

Pela facilidade com que a manga é encontrada, incorporá-la no cardápio diário não envolve qualquer dificuldade. Outra vantagem vem do sabor, já que, diferente de outros ingredientes que são benefícios para controle da diabetes, a fruta é bastante saborosa. Como se ainda não bastasse, a manga traz muitas outras vantagens para a saúde do paciente como um todo.

Outro aspecto a considerar é a associação DM e Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS). Doenças que comumente acometem ao mesmo tempo as pessoas e estão entre as causas de maior incidência de hospitalização e mortalidade no Brasil (4). DM, em particular, pelas amputações de membros inferiores por neuropatia diabética (ND) ou pé-diabético.

Espalhou-se uma afirmativa de que tapioca seria melhor do que pão francês para evitar aumento de peso por não conter glúten. Porém, como vimos, essa é uma afirmativa falsa. Os Efeitos Antioxidantes do Chá Verde Fizeram Com Que Ele Ganhasse a Simpatia de Muitas Pessoas. Conhecido por Ajudar na Perda de Peso, Ele Também Melhora Quadro de Quem Tem Problemas no Coração e Diabetes.

A falta de ADH ou sua não-atuação caracteriza a diabetes insipidus, cuja característica é a micção contínua e volumosa, pois ADH é hormônio responsável pela reabsorção de água nos néfrons, através da abertura das aquaporinas. Como a reabsorção é baixa, volume urinário aumenta, caracterizando uma desidratação.

22. Agner T, Damm P, Binder C. Remission in IDDM: prospective study of basal C-peptide and insulin dose in 268 consecutive patients. Diabetes Care. 1987 Mar-Apr;10(2):164-9. Figura 2: Probabilidade predita e probabilidade observada de ocorrência de diabetes mellitus segundo variáveis comportamentais e de saúde. Pesquisa Dimensões Sociais das Desigualdades (PDSD), Brasil, 2008.

Dentre todos os problemas encontrados no DM, no estudo foi identificado como fator principal para desencadeamento de todas as complicações, a hiperglicemia, ainda mais quando seu valores encontram-se descompensados por períodos prolongados. Enfatizou-se a questão de haverem muitas pessoas sem diagnóstico confirmado de forma precoce, que potencializa aparecimento de complicações diabéticas, consequentemente a impossibilidade de reversão de danos, como no caso uma perna amputada, de cegueira, nefropatia diabética terminal, ou seja, todos esses quadros não tem a cura, mas somente cuidado pós-traumático.

1. Diabetes insipidus neurogênico adquirido: decorre de dano ao hipotálamo ou à haste hipofisária provocado por várias possíveis patologias, como adenomas hipofisários, outras neoplasias da região, metástases, encefalopatia anóxica, trauma, cirurgia, sarcoidose, histiocitose X e infecções (como meningite tuberculosa que atinge região basilar, sífilis, encefalite). Causas raras incluem radiação externa e causas vasculares, como hipotensão periparto e aneurisma. Cerca de 50% dos casos são idiopáticos, sem lesão identificável ao exame de imagem. Após detectar um diabetes insipidus presumivelmente idiopático, deve-se repetir imagem anualmente por um período de 5 anos antes de rotular paciente como um DI idiopático. A outra causa de maior prevalência são os traumas cranianos e cirurgia em região hipotálamo-hipofisária.

Para que não sabe, sintomas de diabetes insípidus é a forma da doença metabólica caracterizada pelo consumo excessivo de água e pela produção exagerada de urina - paciente pode urinar até 10 litros por dia. Normalmente, diagnóstico tem com base a avaliação da história clínica e de testes de restrição hídrica ou de infusão salina. Embora adotados internacionalmente, esses métodos são tecnicamente complicados de executar e costumam apresentar resultados imprecisos, influenciando a decisão sobre tratamento. Pensando nisso, uma equipe internacional de pesquisadores identificou uso de um pré-hormônio, a copeptina, que pode ajudar no diagnóstico mais preciso.